logo-branco.png

15 de julho de 2024

Coluna do Gadotti: os destaques de Florianópolis e região desta quarta-feira, 12 de junho

De segunda a sexta-feira, no final do dia, a Coluna do Gadotti traz notícias e bastidores da Grande Florianópolis.

De segunda a sexta-feira, as notícias, análises e informações de bastidores da região da Grande Florianópolis


CERCO À POLUIÇÃO SONORA
A Guarda Municipal de Florianópolis reiniciou as blitz do sossego, que têm o objetivo de coibir a poluição sonora causada por veículos que circulam em situação irregular. A fiscalização aconteceu na região do binário do Pantanal, com autuações e apreensões, especialmente de motos. Coordenada pelo secretário de Ordem Pública e Segurança, Araújo Gomes, a ação combate um problema crônico na capital catarinense. A reclamação por conta do barulho excessivo, alimentado pela impunidade, é geral. Desrespeito à legislação e ao bom senso que exige permanente fiscalização nas ruas.

EDUCAÇÃO – O Instituto Yduqs promove no próximo dia 25, das 9h30 às 12h30, a 5ª edição do Seminário Lugar de Fala. O tema será “O Poder da Educação na Luta contra a LGBTIfobia!“. Gratuito e online, o evento terá a participação dos especialistas Saulo Amorim, Karem Faustino e Samuel Gomes. A transmissão será pelo canal do instituto no YouTube.

LICITAÇÕES – O advogado Joel Menezes Niebuhr lançou a 7ª edição do livro “Licitação Pública e Contrato Administrativo” (Editora Fórum), que analisa a nova legislação sobre o assunto.

FURTO NA PRAÇA
A Polícia Civil está investigando o furto do busto de bronze levado da praça Olívio Amorim, na avenida Hercílio Luz, no último dia 5. Em 2021 ele também foi levado, mas acabou sendo recuperado pelas autoridades e voltou ao seu pedestal.

Peça em bronze foi furtado da praça Olívio Amorim no dia 5. Foto: Fabio Gadotti

MARINA DE FLORIANÓPOLIS
A FloripAmanhã comemorou a decisão do juiz Marcelo Krás Borges de negar a suspensão do licenciamento do Parque Urbano e Marina da Beira Mar Norte, pedida pelo Ministério Público Federal em ação civil pública. De acordo com a associação, o despacho “é um passo significativo para o avanço do desenvolvimento sustentável e do bem-estar da população”. O empreendimento, na avaliação da FloripAmanhã representa “não apenas um espaço de lazer e convívio para os cidadãos de Florianópolis, mas também um compromisso com a preservação ambiental e o uso responsável de nossos recursos naturais”.

CURSOS DE DIREITO
Até março de 2025 não serão criados novos cursos de Direito na modalidade EAD, conforme portaria publicada pelo Ministério da Educação na última sexta-feira (7). É a quarta vez que o Conselho Federal da OAB atua nesse sentido. “Reafirmamos nossa posição pelo fechamento de cursos de Direito que não atendam a requisitos mínimos de qualidade, assim como, contrariedade à graduação na modalidade 100% EAD. Não somos contra a tecnologia ou a modernização do ensino, mas sim, contra a abertura indiscriminada de novos cursos de direito num país que conta com mais de 1.500 vagas ociosas”, explica o vice-presidente nacional da OAB, Rafael Horn.

Os colunistas são responsáveis pelo conteúdo de suas publicações e o texto não reflete, necessariamente, a opinião do site Upiara.

Anúncios e chamada para o mailing