logo-branco.png

12 de junho de 2024

Policial Civil e cão de faro transformam vidas com projeto nas escolas de Criciúma

Policial Civil e um pastor belga em uma sala de aula em Criciúma

Levar esperança e conscientizar crianças sobre os riscos do envolvimento com o tráfico de drogas e outras condutas ilícitas, além de mostrar que a Polícia Civil existe também para protegê-las. Este é o objetivo do projeto desenvolvido pela policial civil Sandra Carvalho Vaz, que atua na Coordenadoria de Operações com Cães, em Criciúma. Condutora de um cão de detecção de armas e drogas há 4 anos, Sandra enxergou na suas atividades, junto ao cão K9 Luah, uma oportunidade de aproximação com as crianças de comunidades vulneráveis. Assim nasceu o Programa k9 na Escola.

O programa foi idealizado há mais ou menos 3 anos, logo que comecei a conduzir o cão de faro, comecei a perceber que durante as operações policiais as crianças pareciam ficar menos tensas com a presença policial em suas casas ou no seu bairro, muitos inclusive se aproximavam e faziam perguntas, pediam para fazer carinho na K9 Luah – afirma.

Para tornar o projeto mais lúdico, a ação conta com apoio da professora Cinara Colonetti. Só no ano passado mais de 3 mil crianças foram atendidas. Além da prevenção às drogas, as crianças aprendem sobre cuidados com os animais e a natureza, bullyng e outras condutas em ambiente escolar, como o respeito aos mestres, autoridades e idosos.

As escolas visitadas pelo programa foram filtradas de acordo com as áreas em que mais costumamos fazer operações policiais, pois ali identifiquei a maior necessidade da aproximação da polícia com as crianças. Nesse primeiro momento atendemos prioritariamente alunos do 3º e 4º ano escolar – explica Sandra.

De acordo com a idealizadora do projeto, existem pedidos para que o K9 na Escola vá para o Rio Grande do Sul e o Paraná. “Em Santa Catarina já estamos levando para o oeste”, conta.

Os colunistas são responsáveis pelo conteúdo de suas publicações e o texto não reflete, necessariamente, a opinião do site Upiara.

Anúncios e chamada para o mailing