logo-branco.png

23 de maio de 2024

Irani Papel e Embalagem faz terceira operação de recompra de ações

Irani

Uma das mais importantes empresas brasileiras do setor de papel, a catarinense Irani Papel e Embalagem, opera seu terceiro programa de recompra de ações, desde a RE-IPO, em 2020.

A decisão de agora é uma demonstração de confiança dos acionistas no futuro da companhia. Acreditam que o valor das ações pode aumentar.

No limite, a empresa deverá readquirir 10.651.676 ações ordinárias – o equivalente a 10% do total em circulação na data da aprovação da medida.

O programa se encerra no dia 25 de setembro de 2025.

Operação semelhante já foi realizada nos dois programas anteriores de recompra – já concluídos – nos quais a empresa readquiriu, no total, 14.514.200 ações, com preço médio de R$ 7,37. O investimento somou R$ 107 milhões.

A Irani Papel e Embalagem foi fundada em 1941. Desde 1994 é controlada pelo grupo Habitasul.

A companhia conta com unidades produtivas nos municípios de Vargem Bonita (SC), Santa Luzia (MG), Indaiatuba (SP) e Balneário Pinhal (RS).

No ano passado, Irani obteve lucro líquido de R$ 383,4 milhões e receita líquida de R$ 1,594 bilhão.

Os colunistas são responsáveis pelo conteúdo de suas publicações e o texto não reflete, necessariamente, a opinião do site Upiara.

Anúncios e chamada para o mailing