logo-branco.png

15 de abril de 2024

Jorge Goetten pede afastamento de presidente do PREVI, fundo do Banco do Brasil

O deputado federal catarinense Jorge Goetten (PL) apresentou, nesta terça-feira, uma representação que pede o afastamento de João Fukunaga, indicado pelo governo federal para presidir o fundo Caixa de Previdência dos Funcionários do Banco do Brasil (PREVI), do Banco do Brasil. O pedido foi apresentado ao Tribunal de Contas da União e alega que o currículo de Fukunaga não é compatível com o cargo.

Graduado em história, Fukunaga é funcionário do BB desde 2008 com o cargo de escriturário. Ligado sindicalismo desde 2012, ocupou também posições em cargos de direção no Sindicato dos Bancários de São Paulo.

A PREVI conta com cerca de 200 mil beneficiários e é a maior acionista da mineradora Vale. Conforme Goetten, a indicação do nome não foi devidamente justificada.

– Não estamos falando de qualquer cargo de chefia. É um cheque de 250 bilhões de reais para uma pessoa que não tem experiência com gestão, finanças ou administração. No mínimo questionável.

 

COMPARTILHE
Facebook
Twitter
LinkedIn
Reddit

Anúncios e chamada para o mailing