logo-branco.png

12 de junho de 2024

Região Sul receberá R$ 322 milhões com o PAC Universidades

Presidente Lula (PT) anunciou o PAC Universidades, com R$5,5 bilhões para universidades, institutos federais e hospitais universitários

O Governo Federal lançou nesta segunda-feira, em Brasília, o PAC Universidades, que destinará R$5,5 bilhões para diversas áreas da educação superior. Serão R$3,17 bilhões para consolidação, R$1,75 bilhões para hospitais universitários, e R$600 milhões para expansão. O anúncio foi feito durante uma reunião do presidente Lula (PT) com reitores das universidades e institutos federais.

O programa se concentrará em dois eixos prioritários: o fortalecimento da graduação e a assistência estudantil. A região Sul foi contemplada com 58 obras, totalizando um investimento de R$322 milhões.

Tenho clareza de que nunca antes na história deste país a gente teve um governo que tivesse tanta preocupação com a educação como nós temos. A minha preocupação com a educação é simplesmente porque, como eu não tive o direito de fazer universidade, eu acho que é preciso, eu estando na Presidência da República, garantir que todas as pessoas que ainda hoje vivem na situação que eu vivia quando eu tinha 18 anos tenham o direito de estudar em uma universidade. É por isso que eu gosto de falar de educação – disse Lula no ato.

O deputado federal catarinense Pedro Uczai (PT) destacou que a educação pública voltou a ser prioridade no Brasil no governo de Lula.

Estes investimentos vão garantir mais oportunidades aos nossos jovens e mais crescimento para o nosso país. Este programa é um marco decisivo para o desenvolvimento da educação superior no Brasil, garantindo os investimentos necessários para elevar o padrão de nossas instituições educacionais. Estamos comprometidos, junto com o presidente Lula, em reconstruir o Brasil, e Santa Catarina! Nossa educação e ciência voltaram a ser prioridade – afirmou o parlamentar de Santa Catarina.

O Governo Federal anunciou, ainda, a criação de 10 novos campi, que serão construídos nas cidades de São Gabriel da Cachoeira (AM); Rurópolis (PA); Cidade Ocidental (GO); Baturité (CE); Estância (SE); Jequié (BA); Sertânia (PE); Ipatinga (MG); São José do Rio Preto (SP); e Caxias do Sul (RS).

Na área da saúde, por intermédio da Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares (Ebserh), o governo implementará 37 obras, em 31 hospitais universitários, com investimentos que somam R$1,75 bilhões. A região Sul será contemplada com cinco hospitais, totalizando R$385 milhões.

Melhorias nas universidades

O Governo Federal, também, anunciou um aumento no orçamento destinado às universidades e institutos federais. Foram incluídos mais de R$400 milhões para custeio das Universidades e dos institutos. Ao todo, em 2024, estão previstos R$6,38 bilhões para universidades, e R$2,72 bilhões para os IFs.

Esse incremento segue uma tendência de fortalecimento do financiamento da educação superior, iniciada em 2023, quando foram alocados R$2,4 bilhões. O governo também atualizou a Lei de Cotas, beneficiando mais de 23 mil novos estudantes, e estabeleceu 100 novos Institutos Federais. Santa Catarina foi beneficiada com unidades em Mafra, Campos Novos e Tijucas.

Além disso, através do programa Desenrola Fies, mais de 328 mil contratos de financiamento estudantil foram renegociados, aliviando a dívida financeira para os estudantes.


Foto: Lula discursa durante reunião com reitores de universidades e institutos federais, no Palácio do Planalto.
Crédito: Ricardo Stuckert, Presidência da República.

COMPARTILHE
Facebook
Twitter
LinkedIn
Reddit

Anúncios e chamada para o mailing