logo-branco.png

15 de abril de 2024

Câmara aprova reforma tributária. Bancada de SC se divide: 9 contra, 7 a favor

A articulação entre o governo Lula (PT) e o presidente da Câmara dos Deputados, Arthur Lira (PP-AL) garantiu uma vitória acachapante na votação em primeiro turno da reforma tributária na tarde desta sexta-feira. O texto-base da proposta de emenda constitucional foi aprovado com 371 votos favoráveis e 121 contrários. A bancada catarinense, majoritamente oposicionista, não teria aprovado a proposta – foram nove votos contra e sete votos a favor – uma divisão quase ao meio entre os eleitos por Santa Catarina.

Na divisão dos catarinenses, os governistas puderam contar com o voto de um parlamentar do PL do ex-presidente Jair Bolsonaro: o deputado federal Jorge Goetten. Não receberam, no entanto, os votos de dois parlamentares cujos partidos integram o governo Lula com ministérios: Ismael dos Santos (PSD) e Rafael Pezenti (MDB).

O segundo turno da votação seria realizado ainda na noite desta sexta-feira, sem expectativa de mudança relevante no resultado.

Veja como votaram os catarinenses:

Contrários:
Caroline de Toni (PL)
Júlia Zanatta (PL)
Ismael dos Santos (PSD)
Daniel Freitas (PL)
Gilson Marques (Novo)
Geovânia de Sá (PSDB)
Daniela Reinehr (PL)
Zé Trovão (PL)
Rafael Pezenti (MDB)

Favoráveis:
Pedro Uczai (PT)
Jorge Goetten (PL)
Ana Paula Lima (PT)
Valdir Cobalchini (MDB)
Carlos Chiodini (MDB)
Fábio Schiochet (União)
Darci de Matos (PSD)


Deputados comemoram aprovação da reforma em primeiro turno na sessão comandada por Arhur Lira. Foto: Zeca Ribeiro, Câmara dos Deputados.

COMPARTILHE
Facebook
Twitter
LinkedIn
Reddit

Anúncios e chamada para o mailing