logo-branco.png

12 de junho de 2024

Chuvas no RS: negócios gaúchos terão prioridade no crédito com aval do Sebrae

Os empreendedores do Rio Grande do Sul que procurarem empréstimos por meio do Fundo de Aval para a Micro e Pequena Empresa (Fampe) terão prioridade na liberação dos recursos. O anúncio ocorreu nessa quarta-feira, durante a reunião de diretores-técnicos do Sistema Sebrae, em Manaus (AM). A entidade estima que cerca de 700 mil pequenos negócios tenham sido afetados pelas fortes chuvas no estado.

A iniciativa integra o Programa Acredita, do governo federal. No lançamento da estratégia, o Sebrae fez um aporte de R$ 2 bilhões no fundo, que permite a disponibilização de R$ 30 bilhões em empréstimos, com até 80% de garantia do valor total contraído.

“Este momento é de salvar vidas, reassegurar os sistemas básicos e garantir a segurança de todos. Os nossos esforços deverão ser contínuos para que a situação se reestabeleça para os pequenos negócios gaúchos, o que não será da noite para o dia. Proporcionar a prioridade para os empresários do estado, com taxas de juros mais baixas, é mais do que necessário para reerguer milhares de homens e mulheres que viram suas economias de anos irem embora com a chuva”, disse o presidente do Sebrae, Décio Lima. A instituição também deve lançar, nas próximas semanas, um pacote de medidas para ajudar na reconstrução dos pequenos negócios do Rio Grande do Sul.

Impacto

A partir desta quinta-feira (9), a unidade do Sebrae RS começa a fazer um diagnóstico sobre o impacto das enchentes nos pequenos negócios locais. A pesquisa foi encomendada à Secretaria de Desenvolvimento Econômico do Estado e contará também com o apoio de diversas organizações do estado. “Nesse sentido, reforçamos o compromisso da organização no desenvolvimento do estado e de nossa luta histórica, promovendo o crescimento e a restauração por meio do empreendedorismo”, afirma o comunicado da unidade local.

Até o momento, 414 municípios relataram algum problema relacionado ao temporal, com 1,4 milhão de pessoas afetadas. No estado, a sede do Sebrae no centro de histórico de Porto Alegre foi totalmente tomada pela água e unidades em municípios como São Leopoldo e Lajeado também foram inundadas. Já são 30 colaboradores do Sebrae RS afetados pelas enchentes.

Crédito Consciente

Na página Crédito Consciente, do Sebrae, o empreendedor tem toda a assistência para que possa viabilizar o acesso a crédito de forma segura. Além de conceder o aval necessário para as operações de crédito junto às instituições financeiras, o Sebrae oferecerá orientações para que o proprietário de um pequeno negócio inicie a sua jornada ampliando sua consciência e segurança na obtenção de um empréstimo.

COMPARTILHE
Facebook
Twitter
LinkedIn
Reddit

Anúncios e chamada para o mailing