logo-branco.png

19 de abril de 2024

Cobalchini comemora inclusão do ensino técnico em projeto do bolsa permanência do ensino médio


Upiara Comenta: A emenda do deputado federal Valdir Cobalchini (MDB) inclui no projeto uma demanda sempre muito solicitada e nem sempre muito atendida das entidades empresariais catarinenses por incentivo ao ensino técnico. Agora é esperar que o Senado não mexa.


A Câmara dos Deputados aprovou na noite de terça-feira o projeto de lei que concede incentivo financeiro educacional, na modalidade poupança, para estimular alunos do ensino médio a permanecerem na escola e concluírem o curso. Graças a um projeto do deputado Valdir Cobalchini (MDB) os alunos do ensino técnico profissionalizante também foram incluídos e terão cerca de 10% dos R$ 20 bilhões que serão destinados ao programa. O projeto original previa apenas os estudantes do ensino médio tradicional.

– Foi uma grande vitória para educação, pois teremos mais estudantes beneficiados – comemorou o deputado.

No Brasil, segundo Cobalchini, apenas 8% dos jovens concluem o ensino médio profissionalizante, diferente de países europeus onde o índice chega a 70%. O parlamentar explica que 83% dos jovens egressos da educação profissional e tecnológica estão empregados.

– A nossa proposta incentiva o estudo e também o preparo para o mercado de trabalho. Hoje, tem 11 milhões de jovens que não estudam e nem trabalham, isso precisa mudar. Essa poupança oferecida pelo governo será, além de um auxílio aos jovens, contribuição com o desenvolvimento do país. Valorizando não apenas a formação acadêmica tradicional, mas também reconhecendo a relevância das habilidades práticas, do campo profissional, para o sucesso da sociedade como um todo – completa Cobalchini.


Cobalchini comemorou inclusão da proposta. Foto: Divulgação.

COMPARTILHE
Facebook
Twitter
LinkedIn
Reddit

Anúncios e chamada para o mailing