logo-branco.png

12 de junho de 2024

Decisão da Justiça Federal coloca a cidade “de frente para o mar”, diz Floripa Sustentável

O Movimento Floripa Sustentável, formado por 44 entidades, considera que a decisão da Justiça Federal de manter o licenciamento do Parque Urbano e Marina da Beira Mar Norte permite o desenvolvimento de um equipamento público “que trará uma nova concepção arquitetônica, urbanística e ambiental para a região central”, além de colocar a cidade “de frente para o mar e todas as suas potencialidades”.

Destaca também que o despacho do juiz Marcelo Krás Borges, da 6a Vara Federal de Florianópolis, mostra “respeito e valorização ao trabalho realizado por servidores públicos e técnicos envolvidos nos estudos” a respeito do empreendimento. “A capital dos catarinenses só tem a ganhar com essa sensata e consequente decisão”, registra o movimento.

Na ação civil pública, o MPF em SC pediu, em caráter liminar, a anulação das licenças já emitidas pelo Instituto Estadual do Meio Ambiente (IMA) e que a análise passasse a ser feita pelo ICMBio, no âmbito federal.

Os colunistas são responsáveis pelo conteúdo de suas publicações e o texto não reflete, necessariamente, a opinião do site Upiara.

Anúncios e chamada para o mailing