logo-branco.png

23 de maio de 2024

Elenira Vilela assume vaga na Câmara de Florianópolis

Elenira Vilela assina a posse como vereadora sob olhar de João Cobalchini e Carla Ayres

A professora Elenira Vilela (PT) assumiu uma vaga na Câmara de Florianópolis nesta segunda-feira. Quarta suplente do PT, ela substitui a vereadora Carla Ayres pelos próximos dias – em mais um rodízio de mandato promovido pela legenda.

Elenira disputou diversas eleições, quase sempre pelo PT – a primeira delas para vereadora em 1996. Em 2020, obteve 1.033 votos. Durante a semana, recebeu e publicou em suas redes sociais mensagens de congratulações da ministra Cida Gonçalves, da pasta das Mulheres, da deputada federal Ana Paula Lima e do ex-ministro José Dirceu.

No ato da manhã desta segunda-feira, no gabinete do presidente João Cobalchini (MDB), ela assinou a posse em meio a lideranças de esquerda. Estavam presentes o pré-candidato a prefeito Vanderlei Lela (PT) e o ex-ministro do Trabalho, Manoel Dias (PDT).

A educação é a minha principal bandeira, mas é uma educação que emancipa, que oferece um aprendizado tecnológico, que acontece perto das pessoas, que ajuda no movimento da cidade, na mobilidade, e no desenvolvimento de emprego e renda, integrando a nossa cidade. A segunda, é a questão das mulheres, que têm sofrido com muita violência. Precisamos entender e criar políticas que não nos obriguem a viver com medo – disse Elenira logo após a posse como vereadora.

Carla Ayres ressaltou a importância dos rodízios promovidos pelo partido e lembrou que foi beneficiada pela prática na legislatura passada.

É uma prática política que o PT tem já há bastante tempo. Eu mesma, na legislatura anterior, tive a oportunidade de assumir três vezes a Câmara Municipal em rodízios de 30 dias. Temos o entendimento de que ninguém se elege sozinho, todos os votos fazem parte de várias candidaturas que acontecem nos pleitos, e é importante que demos oportunidade para que outros quadros despontem – afirmou Carla Ayres.


Foto: Elenira Vilela assina a posse como vereadora sob olhar de João Cobalchini e Carla Ayres.
Crédito: CMF, Divulgação.

COMPARTILHE
Facebook
Twitter
LinkedIn
Reddit

Anúncios e chamada para o mailing