logo-branco.png

23 de maio de 2024

Município faz previsão para regularização da coleta de lixo em Florianópolis

O secretário do Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável, Eduardo Sardá, calcula que até domingo esteja normalizada (19) a coleta de lixo, que está comprometida em Florianópolis desde o rompimento do contrato com a FG Soluções Ambientais por decisão judicial.

O acúmulo de resíduos nas ruas vem aumentando nos últimos dias e provocando reclamações dos moradores. A situação também repercutiu na sessão da Câmara de Vereadores desta terça-feira (14).

O Conselho de Desenvolvimento do Centro chegou a emitir uma nota para cobrar da prefeitura “a devolução à população dos valores pagos pelo recolhimento do lixo não realizado em Florianópolis desde 28 de abril até a regularização do serviço”.

De acordo com Sardá, o problema ocorreu por conta da transição que envolveu a saída da FG e a entrada da Racli, com sede em Criciúma, que também participou do processo licitatório e foi chamada no final de abril para assumir o serviço.

Conforme o contrato assinado com o município, a Racli é a responsável pela coleta do lixo na região continental e no Norte da Ilha de SC. A operação da empresa será executada com 18 caminhões. As regiões Leste, Sul e Centro ficam sob os cuidados da Comcap.

Os colunistas são responsáveis pelo conteúdo de suas publicações e o texto não reflete, necessariamente, a opinião do site Upiara.

Anúncios e chamada para o mailing