logo-branco.png

19 de abril de 2024

Oito prefeitos são presos na 4ª fase da Operação Mensageiro em Santa Catarina

Oito prefeitos catarinenses foram presos na manhã desta quinta-feira na Operação Mensageiro. As prisões vêm em contexto da 4ª fase da Operação. São cumpridos 18 mandados de prisões preventivas e 65 mandados de busca e apreensão nas regiões Sul, Planalto Norte, Alto Vale e Vale do Itapocu. Com isso, já são 15 prefeitos presos em todo o Estado desde a primeira fase da operação. As informações são do NSC Total.

Os prefeitos detidos nesta quinta-feira são Luiz Carlos Tamanini (MDB), prefeito de Corupá; Adriano Poffo (MDB), prefeito de Ibirama; prefeito Adilson Lisczkovski (Patriota), de Major Vieira; Armindo Sesar Tassi (MDB), prefeito de Massaranduba; Patrick Correa (Republicanos), prefeito de Imaruí; Luiz Shimoguri (PSD), prefeito de Três Barras; e Alfredo Cezar Dreher (Podemos), de Bela Vista do Toldo e o prefeito de Schroeder, Felipe Voigt (MDB).

Já em Guaramirim, foram presos o Diretor da Águas de Guaramirim, Osni Denker, e a Secretária-Adjunta de Administração e Finanças, Patrícia Malko, responsável pelo setor de licitações. O prefeito Luis Antônio Chiodini (PP) está com mandado de prisão em aberto. Ele está em viagem na Inglaterra e deve se entregar quando retornar ao país nos próximos dias.

Além dos prefeitos, também foram detidos o vereador de Três Barras Edenilson Engel (PSD); diretor da Águas de Guaramirim, Osni Denker; secretária de Administração e Finanças de Guaramirim, Patrícia Malko; secretário municipal de Administração de Ibirama, Fábio Fusinato, e o superintendente do Serviço de Abastecimento de Água e Tratamento de Esgoto (Saate) de Presidente Getúlio, Edson Staloch.

Previamente, foram presos Deyvison Souza (MDB), de Pescaria Brava; Luiz Henrique Saliba (PP), de Papanduva; icente Corrêa Costa (PL), prefeito de Capivari de Baixo; Marlon Neuber (PL), prefeito de Itapoá; Joares Ponticelli (PP), prefeito de Tubarão; Antônio Ceron (PSD), prefeito de Lages; e Antônio Rodrigues (PP), prefeito de Balneário Barra do Sul.

As novas ordens judiciais expedidas pelo TJSC são referentes aos municípios de Imaruí, Presidente Getúlio, Três Barras, Gravatal, Guaramirim, Schroeder, Ibirama, Major Vieira, Corupá, Bela Vista do Toldo, Braço do Norte, Massaranduba. Os mandados foram requeridos pelo MPSC após a análise dos depoimentos de testemunhas, dos investigados e das provas coletadas nas primeiras fases da Operação.

Ao todo, até agora, já foram cumpridos 196 mandados de busca e apreensão e 40 mandados de prisão preventiva. Esta 4ª fase da operação ainda corre em segredo de justiça, por determinação legal, mas, assim que houver a publicidade dos autos, novas informações poderão ser divulgadas.

Ainda nesta quinta-feira, dois prefeitos viraram réus no processo: Marlon Neuber (PL), de Itapoá, e Joares Ponticelli (PP), de Tubarão.

 

 

COMPARTILHE
Facebook
Twitter
LinkedIn
Reddit

Anúncios e chamada para o mailing