logo-branco.png

15 de abril de 2024

União Brasil e Progressistas desistem da federação. Em SC, restou a foto de Gean com Amin

As conversas entre União Brasil e Progressistas para formar uama federação serviram apenas para juntar os adversários históricos Gean Loureiro (União) e Esperidião Amin (Progressistas) na mesma foto. As legendas decidiram encerrar as negociações para a formação de uma federação partidária, após enfrentar dificuldades para destravar resistências nos Estados.

Curiosamente, Santa Catarina não está na lista dos Estados que emperraram a aliança que formaria a maior bancada da Câmara dos Deputados. A disputa estava parada desde a semana passada, com disputas pelo comando de ao menos sete diretórios regionais.

As negociações emperraram em estados como Maranhão, Minas Gerais, Pernambuco, Rio de Janeiro, Paraíba, Paraná e São Paulo. O critério que havia sido definido para resolver as travas regionais envolvia entregar o diretório estadual para o grupo político mais influente localmente. O critério não agradou políticos influentes no Congresso que poderiam perder espaço regionalmente com a federação.

O principal objetivo das siglas era ter a maior bancada na Câmara, o que lhes daria o direito de escolher a presidência das principais comissões da Casa e a relatoria do Orçamento de 2023.

Resta saber se a quebra de gelo entre Gean e Amin pode ter resultados eleitorais ano que vem, especialmente em Florianópolis.


Sobre a foto em destaque:

Esperidião Amin e Gean Loureiro no encontro de lideranças do Progressistas e do União Brasil em Florianópolis para acertar os termos da federação em Santa Catarina. Diálogo emperrou em outros Estados. Foto: Divulgação.

COMPARTILHE
Facebook
Twitter
LinkedIn
Reddit

Anúncios e chamada para o mailing