logo-branco.png

23 de maio de 2024

Bancada da Serra e concessionária discutem duplicação da BR-116

Os deputados que compõem a Bancada da Serra se reuniram, nesta terça-feira, em São José, para debater a situação da BR-116 no Estado. O grupo formado pelos parlamentares Lucas Neves (Podemos), Marcius Machado (PL) e Mário Motta (PSD) se reuniu com o diretor-superintendente da Autopista Planalto Sul, Cesar Sass. Na audiência com os representantes estaduais, a concessionária assegurou que o processo de licenciamento já está em andamento e aguarda a aprovação da Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT) para começar as obras na região serrana.

– Nós esperamos que, ainda dentro desse semestre, haja uma aprovação para que a gente inicia todos os demais processos – disse Cesar Sass.

A Autopista Planalto Sul é responsável pela administração da rodovia entre Curitiba e à divisa com o Rio Grande do Sul. Segundo relatório divulgado pela Fiesc (Federação das Indústrias) dos 380 quilômetros sob concessão no Paraná e em Santa Catarina, a duplicação se mostrou viável até Lages, com 270 km ainda em situação de pista simples. Esta obra teria custo aproximado de R$ 3 bilhões e estaria concluída em sete anos.

– A duplicação é uma importante bandeira de desenvolvimento regional. A obra vai impulsionar a competitividade, estimulando novos negócios e empregos em Santa Catarina. Além disso, a duplicação no perímetro urbano de Lages é fundamental para as pessoas que vivem na Área Industrial. Vai melhorar a segurança dos pedestres e a mobilidade. Estamos otimistas após esta reunião com a concessionária – destacou Lucas Neves.

COMPARTILHE
Facebook
Twitter
LinkedIn
Reddit

Anúncios e chamada para o mailing