logo-branco.png

15 de julho de 2024

Donos de negócios devem agir como consumidores

Em fala a empresários e executivos na ExpoSuper, o CEO da StarSe, Junior Borneli, mostrou a importância da inteligência artificial

Em fala a empresários e executivos na ExpoSuper, o CEO da StarSe, Junior Borneli, mostrou a importância da inteligência artificial e a utilização de dados para as organizações serem ágeis e competitivas. Nesta entrevista, o líder detalha seu pensamento

Quais são as tendências e inovações para os supermercados?


Junior Borneli – O principal é estar ligado nas transformações. Os dados são muito importantes para entender o que os consumidores querem. E daqui a pouco, a empresa vai poder sugerir coisas para ele,o consumidor. Coisas que ele nem sabe que precisa ou gostaria de ter.

Fica mais fácil compreender o cliente?


Borneli – Exatamente. Quanto mais a gente avançar no mundo da inteligência artificial, mais previsível fica o comportamento do consumidor, a partir do que já sabemos. Por isso, é fundamental as empresas terem uma base de dados bem
estruturada.

No caso do setor de supermercados, como isso acontece?


Borneli – O lojista tem de ter convicção de onde é melhor colocar um determinado produto na gôndola.

O consumidor está mais exigente…


Borneli – Sim. Está. E os empresários devem ter, consigo mesmos, o mesmo grau de exigência que eles têm quando são consumidores. Nós, donos de negócios, fornecedores, prestadores de serviços, temos de entregar a mesma excelência que esperamos receber.

Tem a ver com experimentações?


Borneli – Exatamente. Uma vez que que o cliente experimenta algo melhor, aquilo que antes parecia bom já não é mais. E aí, esse novo passa a ser o padrão referencial de exigência. Isso vale para tudo.

    Os colunistas são responsáveis pelo conteúdo de suas publicações e o texto não reflete, necessariamente, a opinião do site Upiara.

    Anúncios e chamada para o mailing