logo-branco.png

15 de abril de 2024

Em reunião de governadores em Brasília, Jorginho trata de reforma tributária e marco temporal

O governador Jorginho Mello (PL) participou, nesta quarta-feira, em Brasília, da Reunião do Fórum Nacional de Governadores, no Centro de Eventos e Convenções Brasil 21. Na pauta, Reforma Tributária e as PECs 110/2019 e 45/2019, que alteram o sistema tributário nacional. O objetivo é chegar a uma proposta única e apresentá-la ao Congresso Nacional.

– A reforma precisa acontecer e estamos todos torcendo para isso. É uma discussão que já dura 35 anos, porque sempre tem alguém defendendo os próprios interesses, e algumas empresas acabam usando a guerra fiscal como requisito para escolher onde se instalar. Com a reforma isso vai acabar – disse o governador de Santa Catarina.

Ainda com os governadores, Jorginho Mello discutiu a demarcação de terras indígenas em Santa Catarina, pelo julgamento da tese do Marco Temporal. Segundo Jorginho, o “agronegócio é um dos principais geradores de riqueza” do Estado.

– Isso nos deixa preocupados, pois se o Marco for derrubado, uma tragédia irá acontecer. Então conversamos sobre o assunto e como nós, dos governos estaduais, podemos encontrar um caminho para isso. Um caminho pacificador, que dê a garantia de políticas básicas aos indígenas, mas que principalmente garanta terra para o agricultor, que produz, que trabalha e gera desenvolvimento para o Brasil.

COMPARTILHE
Facebook
Twitter
LinkedIn
Reddit

Anúncios e chamada para o mailing