logo-branco.png

15 de abril de 2024

Júlio Garcia vai abrir espaço na Alesc para Gerri Consoli, pré-candidato a prefeito de Rio do Sul

O PSD acertou aquilo que deve ser o primeiro rodízio para posse de suplente na atual legislatura. Em maio, o deputado estadual Júlio Garcia (PSD) vai abrir espaço para o segundo suplente do partido, o empresário Gerri Consoli, assumir o mandato por dois meses. O movimento será possível porque o primeiro suplente, o ex-prefeito chapecoense Zé Caramori (PSD), abriu mão da vaga neste momento.

A posse de Gerri Consoli tem como pano de fundo o cenário pré-eleitoral de 2024. O empresário é o nome do PSD para tentar manter a prefeitura de Rio do Sul. Não à toa, o anúncio do rodízio foi feito pelo atual prefeito, José Thomé (PSD), nas redes sociais.

Em 2022, Consoli ocupou o espaço do ex-deputado estadual e ex-prefeito riosulense Milton Hobus (PSD), que decidiu não concorrer à reeleição. Com 22,6 mil votos, foi o quinto mais votado do partido, ficando com a segunda suplência. Foi, no entanto, o candidato mais votado em Rio do Sul, onde teve 24,1% dos votos.


Sobre a foto em destaque:

Eron Giordani, presidente do PSD-SC, Gerri Consoli, Júlio Garcia e José Thomé posam para foto após reunião que definiu o rodízio pessedista. Foto: Divulgação.

COMPARTILHE
Facebook
Twitter
LinkedIn
Reddit

Anúncios e chamada para o mailing