logo-branco.png

18 de junho de 2024

Coluna do Gadotti: os destaques de Florianópolis e região desta segunda, 3 de junho

De segunda a sexta-feira, no final do dia, a Coluna do Gadotti traz notícias e bastidores da Grande Florianópolis.

De segunda a sexta-feira, as notícias, análises e informações de bastidores da região da Grande Florianópolis

RETROFIT É APROVADO EM PRIMEIRA VOTAÇÃO
Com placar de 15 votos a 4, a Câmara de Florianópolis aprovou nesta segunda-feira (3), em primeira votação, o projeto do Retrofit. A proposta protocolada pela vereadora Manu Vieira (PL) facilita a reforma de prédios comerciais que estão ociosos na cidade. A expectativa é que a legislação mude a cara de algumas regiões da capital, especialmente do centro histórico, com reflexos positivos na circulação de pessoas, segurança e estímulo a novos empreendimentos comerciais. A segunda votação está prevista para esta terça-feira (4).

HOSPITAIS PODRES
Na assinatura do convênio para a construção do Hospital Regional de Palhoça, na manhã desta segunda-feira (3), o governador Jorginho Mello (PL) disse que “os hospitais estavam podres” no início da gestão. “Estava “uma vergonha”, falou. Jorginho destacou os investimentos da Secretaria de Estado da Saúde para qualificar as unidades e afirmou que foi eleito “para fazer o que ninguém fez”.

LONGA ARTICULAÇÃO
A obra do Hospital Regional de Palhoça, aliás, foi o assunto na cidade nesta segunda-feira. E não é à toa. A unidade está bem mais perto de sair do papel depois de uma articulação do meio político que tem, pelo menos, uma década. Pioneiro nessa mobilização, o ex-prefeito do município e atual deputado estadual Camilo Martins (Podemos) comemorou a assinatura do convênio, “o maior de Santa Catarina”. O hospital, segundo ele, vai fazer jus ao crescimento da cidade, que conta com mais de 230 mil moradores. O vereador e ex-secretário municipal de Saúde, Rosinei Horácio, também é apontado como peça-chave nesse processo e no aumento da estrutura do Regional. O projeto que servirá de base para a licitação tem 100 leitos a mais do que o previsto na proposta concebida inicialmente.

COMPLEXO HOSPITALAR
Entregue no fim de semana, o Multihospital Floripa implantado no antigo aeroporto de Florianópolis tem capacidade para fazer cerca de 1.200 cirurgias de baixa e média complexidade por mês, projeta a Secretaria Municipal de Saúde. Os procedimentos vão desafogar a rede e permitir que as unidades da rede pública estadual foquem nos casos mais complexos. O hospital inaugurado pela gestão Topázio Neto qualifica o atendimento de saúde, com uma UPA de 13 mil metros quadrados, um Centro de Atenção Psicossocial 24 horas e uma ótica pública. Topázio anunciou que a UPA do Rio Tavares continua funcionando e que a prefeitura vai avaliar o prédio para, então, tomar decisão sobre uma possível reforma.


PEC POLÊMICA
Presidente do Instituto Brasileiro de Terrenos de Marinha, o advogado Nabih Chraim vai fazer uma live nesta terça-feira (5), a partir de 20h, para falar sobre a polêmica PEC,em tramitação no Congresso, que trouxe à tona a discussão sobre a “privatização das praias”. A transmissão será pela conta dele no instagram: @nabih.advogado.

DOIS MUNDOS
O Instituto Reverbera abre neste sábado (8) a exposição “Dois Mundos”, que é resultado criativo da colaboração entre as crianças do maciço do Morro da Cruz, a Aldeia Yynn Moroti Wherá e artistas voluntários. A mostra fica até 28 de junho na rua Crispim Mira, 213, centro de Florianópolis. Criado em 2019, o instituto tem como missão amplificar a voz, a visibilidade e a inclusão da população negra e indígena de Florianópolis e de Santa Catarina por meio da inserção social de crianças e jovens. O projeto é realizado pelo governo do Estado, por meio da Fundação Catarinense de Cultura, com recursos do governo federal e da Lei Paulo Gustavo.

ÁREAS SENSÍVEIS

O Grupo Habitasul promove nesta quarta-feira (5) a segunda edição do Fórum de Saneamento em Áreas Sensíveis. O evento será das 13h30 às 17h30, no hotel IL Campanario, e contará com a presença de especialistas, acadêmicos e executivos de empresas que operam serviços de água e esgoto no Brasil. “Desafios e Oportunidades de Gestão após o Novo Marco do Saneamento” e “Inovações em Saneamento”, com a apresentação do ‘case’ da Companhia de Saneamento do Paraná (Sanepar), estão entre os temas.

Os colunistas são responsáveis pelo conteúdo de suas publicações e o texto não reflete, necessariamente, a opinião do site Upiara.

Anúncios e chamada para o mailing