logo-branco.png

15 de abril de 2024

Jorginho apresenta reforma administrativa e anuncia mais dois secretários

O governador Jorginho Mello (PL) assinou, nesta quinta-feira, a medida provisória que instaura a reforma administrativa em Santa Catarina. Ela modifica a estrutura de algumas secretarias, além de criar e recriar outras pastas. Na mesma cerimônia, no teatro governador Pedro Ivo, em Florianópolis, o governador anunciou o ex-deputado estadual Silvio Dreveck (PP) ao recém-criado cargo de secretário de Indústria, Comércio e Serviços e o do deputado estadual Jerry Comper (MDB) frente à secretaria de Infraestrutura.

A previsão é de que o texto crie ao menos seis novas secretarias. Três delas serão fruto de um desmanche da atual pasta de Desenvolvimento Econômico. Segundo o governador, que salientou o número de R$ 4 bilhões como “herança” do governo anterior, a expansão foi feita sem aumento no valor investido.

– Criamos quatro secretarias de Estado sem aumentar um real. Só fazendo uma reorganização de governo. Entendo que o governo está quase em bom cruzeiro. Ainda não em 10 mil pés, mas a partir do início do mês de março já começamos a pagar alguns compromissos pontuais. Não vamos pagar conta que esteja enrolada.

Uma das novidades é a secretaria de Indústria, Comércio e Serviços. Terá o ex-deputado e presidente do Progressistas em Santa Catarina Silvio Dreveck como titular; que afirma que o escopo dos trabalhos será no beneficiamento das micro, pequenas e médias empresas – levando em conta o setor da agricultura.

– Todo o PIB catarinense está envolvido. Estamos falando desde a indústria até o agronegócio, então os desafios são enormes. O Brasil todo tem uma carga tributária elevada; problema logístico, e temos que dar oportunidades para que o empreendedor tenha melhor competição tanto no mercado interno como no externo. Numa conversa rápida com o governador, ele me falou que um dos desafios é criar um Pronampe catarinense. Vai depender do que o governador vai decidir nesta linha.

Cumprindo o prometido, a secretaria de Estado da Infraestrutura ficará com o MDB sob o nome de Jerry Comper. Para poder assumir o cargo, Jerry se licenciou, na manhã desta quinta, do mandato de deputado estadual. A licença durará enquanto ele estiver no exercício do cargo de secretário estadual. Neste período, ele será substituído pelo deputado Emerson Stein, primeiro suplente do MDB.

– Nossa bandeira são as pessoas. Temos que trabalhar com muitas mãos, com uma união de forças para resolver os desafios. A proposta do governador é de trazer mais qualidade de vida para os catarinenses. Com a ajuda de todos, vamos tornar isso possível – disse.

COMPARTILHE
Facebook
Twitter
LinkedIn
Reddit

Anúncios e chamada para o mailing