logo-branco.png

15 de julho de 2024

Ameaça de Lula de tirar cargos de quem assinou impechment pode sobrar para indicado de Ismael em SC

Delcy Batista é superintendente do Ministério da Pesca em Santa Catarina por indicação do deputado federal Ismael dos Santos

O governo Lula promete não aliviar para os deputados federais de partidos que integram a base aliada, têm indicações em cargos federais e estão na lista de prioridade das emendas impositivas e, mesmo assim, assinaram o pedido de impeachment do presidente por ter comparado a morte de civis palestinos na Faixa de Gaze pelo exercíto israilense com o holocausto contra os judeus promovido por hitler na Segunda Guerra Mundial.

De acordo com apuração da repórter Victória Azevedo, da Folha de S. Paulo, o líder do governo na Câmara, José Guimarães (PT-CE), disse aos líderes de partidos da base aliada, em reunião nesta terça-feira, que quem assinou o pedido de impeachment vai perder os cargos indicados e ir para o fim da fila das emendas impositivas. Ou seja, serão considerados de oposição.

  • Quem assinou o impeachment do presidente está dizendo claramente que não está na base. Portanto, se tinha algum tipo de espaço no governo, tem que perder. Afinal de contas, essa contradição não pode continuar. Quem assinou tem que decidir de que lado está: ao lado de Lula ou contra – disse o deputado federal Alencar Santana (PT-SP), um dos vice-líderes do governo na Câmara, à repórter da Folha.


Em Santa Catarina, 10 dos 16 deputados federais assinaram o pedido de impeachment contra Lula. Destes, apenas três integram partidos que estão formalmente na base governista federal: Rafael Pazenti (MDB), Darci de Matos (PSD) e Ismael dos Santos (PSD).

No caso de Pezenti, não há o que perder. Ele faz oposição ao governo Lula e não tem cargos na gestão.

Ismael dos Santos, um dos últimos a aderir ao pedido de impeachment, votou favorável a 74% dos projetos de interesse do governo Lula na Câmara em 2023, de acordo com levantamento do site Congresso em Foco, é responsável pela indicação de Delcy Batista para comandar a Superintendência da Pesca em Santa Catarina. O PSD comanda a pasta em nível federal, com o ministro André de Paula (PSD).

Pela ameaça de José Guimarães, Delcy Batista corre risco no cargo.

A assinatura de deputados federais em pedidos de impeachment não é usual e nem faz alguma diferença para o andamento do processo – Fernando Collor e Dilma Rousseff, os presidentes impichados na história política brasileira, não tiveram assinaturas de deputados em seus processos.

A participação dos deputados federais se dá após o presidente da Câmara aceitar o pedido. Aí, cabe aos parlamentares analisar o caso e decidir se aprovam a abertura do processo. A decisão do afastamento do presidente e seu julgamento acontecem no Senado.

Veja quem assinou o pedido de impeachment de Lula na bancada de SC:

  1. Carol de Toni (PL)
  2. Daniel Freitas (PL)
  3. Daniela Reinehr (PL)
  4. Darci de Matos (PSD)
  5. Geovânia de Sá (PSDB)
  6. Gilson Marques (Novo)
  7. Ismael dos Santos (PSD)
  8. Julia Zanatta (PL)
  9. Pezenti (MDB)
  10. Zé Trovão (PL)


Veja quem não assinou o pedido de impeachment de Lula na bancada de SC:

  1. Ana Paula Lima (PT)
  2. Carlos Chiodini (MDB)
  3. Fábio Schiochet (UB)
  4. Jorge Goetten (PL)
  5. Pedro Uczai (PT)
  6. Valdir Cobalchini (MDB)



Foto – Delcy Batista é superintendente do Ministério da Pesca em Santa Catarina por indicação do deputado federal Ismael dos Santos. Foto: Secom-SC, Divulgação.

COMPARTILHE
Facebook
Twitter
LinkedIn
Reddit

Anúncios e chamada para o mailing