logo-branco.png

19 de abril de 2024

Novo presidente da Celesc defende empresa pública e diz que cobrará eficiência

Recém-empossado como presidente da Celesc, o engenheiro Tarcísio Estefano Rosa, assumiu a companhia prometendo manter a empresa pública. De acordo com Tarcísio, esta seria a condição estipulada pelo governador Jorginho Mello (PL) para que assumisse a função. Prometendo “mantê-la pública, mas com eficiência”, o presidente pretende aplicar “práticas de mercado” para manter a competitividade da empresa.

Tarciso também afirma que sua gestão buscará o diálogo com a sociedade através do fortalecimento dos laços com os poderes públicos e com a sociedade civil em geral.

– Vamos reforçar nossa relação com os poderes, o Governo do Estado, a Assembleia Legislativa, o Tribunal de Justiça, o Tribunal de Contas, Fiesc, com a Fecam, enfim, com o setor produtivo, para ouvir as demandas e estabelecer parcerias que beneficiem a sociedade. A Celesc não pode ser lembrada só quando falta energia. Há 67 anos a Empresa promove desenvolvimento, transforma realidades e tem uma relação muito próxima da comunidade.

Outro ponto de destaque trazido pelo engenheiro é a necessidade da entrega de energia elétrica em áreas rurais do Estado. Segundo ele, o foco no agronegócio trará desenvolvimento da agricultura, “gerando emprego e renda” à população.

– A Celesc está bem alinhada com o governo neste sentido. Afinal, o agronegócio segue com grande destaque na economia catarinense. Em 2021, o setor respondeu por 67,3% das exportações de Santa Catarina, com um faturamento que passa de US$ 6,3 bilhões.

COMPARTILHE
Facebook
Twitter
LinkedIn
Reddit

Anúncios e chamada para o mailing