logo-branco.png

12 de junho de 2024

Em Chapecó, ministro Renan Filho assina ordem de serviço para obras nas BRs 282, 480 e 158

Lideranças catarinenses com o ministro Renan Filho (MDB) na BR-282.

Pela terceira vez em menos de um ano, o ministro dos Transportes, Renan Filho (MDB) visita Santa Catarina. Na manhã desta segunda-feira, ele esteve em Chapecó onde assinou a ordem de serviço para recuperação de pavimento e manutenção de trechos das BRs-282, 480 e 158, totalizando R$ 194 milhões em investimentos.

São rodovias muito importantes para o desenvolvimento do Oeste catarinense, mas, ao longo dos últimos anos, não houve investimento. É para isso que estamos aqui: para fortalecer os investimentos federais em Santa Catarina – enfatizou Renan Filho.

A malha rodoviária desta região sofreu danos devido às fortes chuvas dos últimos meses, o que faz com que o trabalho de recuperação se torne mais urgente.

A visita foi acompanhada pelo presidente da Assembleia Legislativa, Mauro de Nadal; o secretário de Infraestrutura e Mobilidade de Santa Catarina, Jerry Comper; e pelo coordenador do Fórum Parlamentar Catarinense e vice-presidente do MDB-SC, deputado federal Valdir Cobalchini. Também estavam lá o deputado federal Pedro Uczai (PT) e a deputada estadual Luciane Carminatti (PT). O prefeito chapecoense João Rodrigues (PSD) estava no evento.

Foto: Luciane Carminatti, João Rodrigues, Renan Filho, Mauro de Nadal, Valdir Cobalchini e Jerry Comper.

As melhorias terão início pela BR-282, no trecho que liga Chapecó a Maravilha. Ali, serão recuperados 100 quilômetros de pistas, atendendo demanda antiga da população e do setor produtivo. Os recursos serão aplicados na restauração completa do pavimento, incluindo recapeamento, pintura, roçada, limpeza de bueiros, entre outras ações. Conforme o contrato, a empresa executora terá dois anos para conclusão das obras.

Essas duas obras foram pedidos especiais do presidente da Alesc, Mauro De Nadal, durante recente encontro com Renan Filho em Palhoça, na inauguração do ponto de descanso para caminhoneiros na BR-101.

Pedido de Mauro de Nadal atendido

Naquela ocasião, Nadal informou Renan Filho que o parlamento catarinense estava ajudando a viabilizar o projeto do entroncamento rodoviário com viadutos, um local crítico e de muitos acidentes, em Maravilha, onde se encontram as BRs 282 e 158. Foram R$ 40 milhões das sobras de duodécimo da Alesc repassados ao governo, que destinou parte a prefeitura de Maravilha, para indenizar propriedades atingidas pelo projeto da obra viária.

Na época, Renan assumiu o compromisso de acelerar a recuperação das duas estradas. Agora, deu ordem de serviço no total de R$ 194 milhões, e disse que pode liberar mais, quando estiver pronto o projeto de recuperação da 282 entre Maravilha e São Miguel do Oeste.

Nadal e Renan Filho conversaram animadamente em deslocamento em Chapecó, já em direção ao Aeroporto Serafim Berteso. O ministro disse que, até 2026, o governo Lula pode investir R$ 5 bilhões em rodovias catarinenses.

O ministro Renan Filho fez questão de comparar, em Chapecó, os investimentos feitos em rodovias catarinenses pelos governos Lula e Bolsonaro. Lembrou que em 2022 o governo anterior gastou R$ 264 milhões com rodovias federais no Estado. E já em 2023, na atual gestão, os recursos foram quadruplicados, chegando a R$ 1,1 bilhão.


Foto: Lideranças catarinenses com o ministro Renan Filho (MDB) na BR-282.
Créditos: Rodrigo Kroth, Divulgação.

COMPARTILHE
Facebook
Twitter
LinkedIn
Reddit

Anúncios e chamada para o mailing