logo-branco.png

18 de junho de 2024

Topázio Neto fala sobre polêmica que envolve o restaurante popular de Florianópolis

Prefeito de Florianópolis, Topázio Neto, nega que vá deixar os moradores de rua sem alimentação com restrição de acesso a Restaurante Popular

O prefeito Topázio Neto (PSD) divulgou um vídeo, nesta quinta-feira (18), um vídeo em que fala sobre a polêmica envolvendo o restaurante popular de Florianópolis, que em breve vai deixar de atender os moradores em situação de rua de Florianópolis. Essa população vai ser direcionada para o Centro de Convivência que está sendo implantado no complexo Nego Quirido.

A mudança vem causando polêmica desde o último dia 11, quando foi divulgada em primeira mão pela coluna. A expectativa do município é que a medida diminua consideravelmente os transtornos para moradores e comerciantes no entorno da unidade do restaurante, na avenida Mauro Ramos, centro da capital.

Jamais enquanto eu for prefeito vamos negar um parto de comida para uma família em dificuldade ou uma pessoa em situação de rua – afirmou o prefeito, que chamou os críticos, que alegam que a prefeitura vai deixar os moradores de rua passando fome, de “agentes do caos”.

Estamos construindo o centro de convivência na passarela (foto abaixo) para que as pessoas passem o dia lá com diversas atividades, e queremos aumentar o refeitório para concentrar o almoço das pessoas de rua também naquele espaço. Por quê isso? Porque precisamos de uma abordagem qualificada para eles. Não basta apenas um prato de comida, mas precisamos nos aproximar para tentar oferecer saúde, capacitação e reintegração. Mas isso só vai acontecer com o centro de convivência pronta. Então, se alguém te abordar na rua, falando que está com fome, não caia nessa – afirmou Topázio.

Os colunistas são responsáveis pelo conteúdo de suas publicações e o texto não reflete, necessariamente, a opinião do site Upiara.

Anúncios e chamada para o mailing