logo-branco.png

18 de junho de 2024

Vereador é investigado por rachadinha na Câmara de Joinville

joinville (1)

O vereador Nado (PSD), de Joinville, é investigado pela Polícia Civil por suposto crime de rachadinha – o desvio de salários de assessores em seu gabinete na Câmara. No âmbito da Operação Backbone, foram cumpridos 26 mandados de busca e apreensão nas cidades de Joinville e Palhoça.

Conforme o apurado pelos oficiais, um esquema voltado ao desvio de parte dos salários dos assessores de um vereador foi implantado em favor de Nado e alguns aliados. Outros envolvidos atuariam como intermediárias entre o recolhimento dos valores e a destinação final.

Além das residências dos investigados, a Câmara de Vereadores de Joinville também foi alvo de cumprimento de mandado de busca e apreensão. Nos locais, foram apreendidos aparelhos eletrônicos, especialmente telefones celulares, e documentos relacionados aos fatos sob apuração.

Em entrevista ao NSC Total, Nado se defendeu – afirmando que tudo foi um “engano” e que contribuirá para as investigações da Polícia Civil.

“Quando eles abrirem meu celular, vão ver quanto bem nós fazemos para as pessoas. Agora, muitos não fazem isso e querem passar a perna, quer derrubar aqueles que estão fazendo. Alguns para chegar ao sucesso passam a perna nos outros. Porque em seis meses a gente tem eleições municipais aqui em Joinville novamente” indicou o parlamentar sobre o que teria motivado a investigação.
COMPARTILHE
Facebook
Twitter
LinkedIn
Reddit

Anúncios e chamada para o mailing